O que mudou com a nova lei?

A lei 12.414/2011 foi alterada, e a partir de 09 de julho de 2019, a inclusão ao Cadastro Positivo tornou-se automática para todas as pessoas físicas e jurídicas que possuem empréstimos, financiamentos, compras a prazo ou contas de consumo, como luz e telefone.

O Cadastro Positivo é adotado de forma bem-sucedida em mais de 70 países. Com a nova lei, o consumidor continua tendo sua própria nota de crédito, agora mais abrangente, já que passa a incluir mais fontes que enviarão informações.

Somente a pontuação de crédito (score) estará disponível ao mercado para análise do perfil de crédito, a menos que você autorize a consulta dos dados abertos do seu histórico de crédito.

Quem pode consultar: comércio, serviços, banco e financeiras.

Mais informações